Notícias

ESTAMOS DE OLHO

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Dois trabalhadores morrem soterrados em desabamento de túnel em Wenceslau Braz





Um desabamento de laje seguido de deslizamento de terra matou dois homens na manhã de quinta-feira (11) em Wenceslau Braz. Eles ficaram soterrados por mais de cinco horas.
O acidente aconteceu por volta de 9h00 no Parque Industrial atrás da APROCER (Associação de Produtores de Cereais), no local está sendo construída uma galeria que liga um silo a outro de aproximadamente quinze metros de profundidade.
Dois operários, Paulo Henrique Gouveia, 18 anos e Vilmar José Vilela, 49 anos, trabalhavam no local por conta de uma infiltração, devido às frequentes chuvas, quando o terreno cedeu e uma laje e um deslizamento de terra os atingiu.
Foram mobilizadas equipes da Polícia Militar e Civil de Wenceslau Braz, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Siqueira Campos, três equipes do Bombeiro Comunitário de Siqueira Campos e outras três equipes do Bombeiro Comunitário que irá se instalar em Wenceslau Braz foram até o local para fazer o resgate.
A operação de resgate que se iniciou por volta de 9h30 da manhã foi comandada pelo subtenente da Defesa Civil de Siqueira Campos, Manoel Correa de Lima Filho, algumas máquinas foram utilizadas para tentar remover a laje, mas devido o peso um guincho foi utilizado para conseguir tirar a laje de cima da terra.
Os operários foram soterrados por cinco metros de terra e cinco mil quilos de laje.
As equipes do bombeiro comunitário usaram pás para retirar parte da terra, até conseguir chegar às vítimas, a primeira vítima foi encontrada sem vida às 14h30 e o outro por volta de 15h00.
De acordo com informações da equipe do SAMU, uma das vítimas estava com traumas no rosto.
Familiares das vítimas estiveram no local e precisaram ser atendidas pela equipe do SAMU.
Segundo informações era o primeiro dia de serviço de uma das vítimas, uma delas era de Wenceslau Braz e a outra do estado de São Paulo.
Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal – IML para averiguar as reais causas das mortes. Há suspeitas de que seja por asfixia ou esmagamento.
Fonte: Jornal Correio do Norte
Texto - Betty Gois
Fotos - Emilia Kuster
Jonnal Correio Norte

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial