Notícias

ESTAMOS DE OLHO

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Governo do Paraná finaliza compra de 1.220 viaturas para a segurança pública



O governador Beto Richa confirmou nesta segunda-feira (19/11) a compra de 1.220 novas viaturas para atender a área de segurança pública do Estado. No pregão realizado pela Secretaria da Administração e Previdência na semana passada o valor global da concorrência chegou a R$ 122,5 milhões.

O valor é 10,5% menor que a estimativa máxima prevista no edital de licitação, que era de R$ 137 milhões. Além disso, deverão ser abatidos do preço final dos veículos outros R$ 6,8 milhões relativos ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Com isso, o Estado vai desembolsar R$ 115,7 milhões pelo lote.

As empresas vencedoras do certamente terão que entregar os veículos equipados com rádio-comunicador, pintura personalizada, sistema de sinalização (giroflex) e compartimento para a guarda de presos. As adaptações equivalem a um terço do valor total de cada viatura.

“O investimento em infraestrutura e os novos equipamentos asseguram melhores condições de trabalho para os nossos policiais e mais segurança para a população. Este é mais um compromisso que estamos cumprindo”, afirmou Richa.

Segundo o governador, a entrega das primeiras 200 viaturas acontecerá em, no máximo, 60 dias, após a assinatura do contrato. Outras 355 viaturas deverão ser entregues em até 90 dias; 70 viaturas em até 120 dias e as últimas 595 em até 180 dias. O Paraná não fazia nenhuma compra de viaturas para a segurança pública neste volume desde 2007.

LOTES - A licitação para a compra dos veículos, que será finalizada nos próximos dias e aguarda apenas as medidas formais necessárias, abrange seis lotes, com especificações distintas de viaturas.

A compra prevê a entrega de 150 veículos modelo sedan; 100 utilitários de 110 cv; 470 utilitários de 130 cv; 100 utilitários (4x4); 160 utilitários médios (4x4); e 240 picapes (4x4).

A aquisição de novas viaturas faz parte do planejamento do Programa Paraná Seguro, criado para reestruturar a área da Segurança Pública no Estado. No total, o programa prevê a compra de 3.600 novas viaturas. No mês de outubro, foram entregues 80 veículos para unidades do Corpo de todo o Estado. “O governo está fazendo um grande esforço para dotar as unidades de polícia de equipamentos adequados para o combate à criminalidade”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Cid Vasques.

Além do reequipamento das polícias, o que também inclui investimentos com novas armas e munições, o Paraná Seguro contempla um aumento efetivo no número de profissionais, tanto no policiamento extensivo como no trabalho de investigação. Em março deste ano, o governo do Paraná incorporou 3.120 policiais às forças de segurança, em um único ato. São 1.967 policiais militares, 481 bombeiros e 672 policiais civis, entre investigadores, escrivães e papiloscopistas.

Para manter a regularidade nas contratações, o governo do Estado autorizou, no mês de agosto, concurso para 5.664 novos policiais (4.445 policiais militares, 819 bombeiros e 400 delegados). É a maior contratação de policiais da história do Paraná.

VALORIZAÇÃO – Durante este ano, o governo estadual também melhorou os salários pagos às categorias policiais, com a implantação do subsídio. O aumento consistente colocou o Paraná como referência no pagamento na área da segurança pública, atrás apenas do Distrito Federal, onde os salários são pagos pela União.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial