Notícias

ESTAMOS DE OLHO

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Última enfermeira brasileira que serviu na 2ª Guerra morre em Curitiba

Virrgínia Leite serviu na Itália e atendeu militares brasileiros e norte-americanos.
Ela tinha 95 anos; enterro será na manhã de sexta-feira (6), no Água Verde.
Virgínia serviu junto aos militares brasileiros na Itália (Foto: Divulgação/FEB)Virgínia serviu junto aos militares brasileiros
na Itália (Foto: Divulgação/FEB)
Morreu em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (5), aos 95 anos, a paranaense Virgínia Leite. Virgínia esteve junto à Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial e trabalhou como enfermeira ao lado dos soldados brasileiros que serviram na Itália.
Virgínia nasceu em Irati, no Paraná. Ela era a última enfermeira viva dentre as que serviram na guerra. De acordo com a FEB, ela não chegou a participar da linha de frente, mas trabalhou em dois hospitais, onde atendeu centenas de soldados brasileiros e americanos que se feriram nos confrontos.
De volta ao Brasil, Virgínia foi uma das fundadoras da Legião Paranaense do Expedicionário e do Museu do Expedicionário. Por mais de 50 anos, a enfermeira atuou diretora social da Casa do Expedicionário. Na carreira militar, ela chegou ao posto de 2º tenente do exército.
A enfermeira estava internada no Hospital Militar. O velório ocorre na Casa do Expedicionário e o enterro será no Cemitério da Água Verde, em Curitiba, na manhã de sexta-feira (6)
Do G1 PR 
.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial