Notícias

ESTAMOS DE OLHO

sábado, 18 de junho de 2011

Prefeito Toto de Piraí do sul não comparece a reunião

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Piraí do Sul, que investiga suposta contratação irregular de serviços odontológicos no município, cancelou a reunião que faria na tarde de ontem. O motivo foi a ausência do prefeito Antonio El Achkar Toto (PTB), que prestaria esclarecimentos aos vereadores.


O pedido do cancelamento do trabalho veio através de um requerimento protocolado pelo vereador Henrique Kusdra (PSDB), membro da comissão, que apresentou um atestado do chefe do Executivo, informando que ele se encontra em tratamento médico. No documento foi solicitada a marcação de uma nova data para a reunião.

De acordo com o presidente da Comissão, vereador Marcos Krubniki (PMDB), os membros deverão marcar uma nova data para ouvir os esclarecimentos. Krubniki informou também que o prefeito Toto será intimado a apresentar o original do atestado em um prazo de três dias. “Nós queremos ouvir os esclarecimentos para que tenhamos condições de emitir um relatório. Queremos apurar os fatos, para que a população, em breve, tenha uma resposta sobre o assunto”, relata. Além do denunciado, participaria da reunião o advogado Julio Cezar Dalcol, que foi o autor do pedido de cassação do prefeito.

A comissão analisa supostas práticas irregulares efetuadas pela administração, na contratação de serviços de saúde no município. Um dos pontos analisados parte da denúncia sobre a forma de contratação de uma empresa odontológica ligada à família do prefeito, que receberia um valor de R$ 17,5 mil mensais (cerca de R$ 168 mil até dezembro de 2011). A denúncia foi apresentada pelo advogado Julio Cezar Dalcol, o qual pediu a cassação do prefeito. A comissão já solicitou o afastamento de Toto, conforme prevê a Lei Orgânica do Município nesses casos.

Diário dos Campos

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial