Notícias

ESTAMOS DE OLHO

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Com medo dos protestos, Dilma desiste de lei mais rigorosa contra vandalismo



Num dia de protestos violentos contra a Copa, Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) afirmou que a presidente Dilma Rousseff desistiu do projeto de lei que previa punição mais rigorosa contra manifestantes que praticassem atos de vandalismo. "A presidente chegou à conclusão de que não era prudente a gente fazer neste momento uma nova lei, porque evidentemente soaria como tentativa de criminalizar ou punir as manifestações", disse. As informações são da Folha de S. Paulo

"Ela se convenceu de que temos aparato legal para enfrentar os, espero, raros casos de violência adequadamente. Dentro do conjunto de lei que temos." Segundo Carvalho, a decisão é um "gesto da presidente estendendo a mão para a sociedade", uma demonstração de confiança para que as manifestações ocorram sem violência. "[Atos de violência] Não ficarão impunes. Esse é um recado claríssimo", afirmou o ministro.

O Planalto seguiu de perto as manifestações nesta quinta. O governo tem monitorado as redes sociais para checar se os protestos ganham a adesão da população, como em 2013. Ontem, a avaliação era que o nível de adesão ficou baixo. De 16.700 manifestações nas redes sociais a favor dos protestos, apenas 20% estavam dizendo que iriam participar dos protestos. Em junho do ano passado, esse percentual era o dobro, de 40%.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial