Notícias

ESTAMOS DE OLHO

sábado, 1 de maio de 2010

Fotografia da improbidade

O povo brasileiro pagou a festa de 1º de Maio em São Paulo promovida pelas centrais sindicais. Quase 2 milhões de reais foram repassados pela Petrobras, Caixa Econômica Federal, BNDES, Banco do Brasil e Eletrobras, conforme divulgou a imprensa. Com dinheiro público armaram o palanque para Lula, Dilma, Mercadante, Marta Suplicy etc. Campanha escancarada. Não há como não interpretar como crime eleitoral e improbidade administrativa. Com a palavra o TSE e o Ministério Público Federal. Fonte: Blog do Ávaro Dias

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial